Daily Calendar

Seguidores

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Uma preciosidade fotográfica!




Funeral do grande poeta, compositor, jornalista, escritor, EUGÉNIO TAVARES.... um homem que revolucionou a sua época. "Durante a festa da língua portuguesa em Sintra, Corsino Fortes, poeta e antigo embaixador de Cabo Verde em Portugal, intitula-o de "Camões de Cabo Verde" e realça-o de fazedor de opinião numa enorme dimensão de pensador


"Decorria o dia 1 Junho de 1930 e pelas onze horas da manhã EugÉnio Tavares sentado a uma cadeira de baloiço na sua casa da Vila Nova Sintra, recebia a visita do seu amigo Pedro Castro e seu sobrinho José Medina e Vasconcelos. Os amigos vinham a um habitual cavaqueio narrar ao poeta um facto insólito e ridículo que decorria ao nível da governação da Colónia. Ouvida a história com muito interesse, os três remataram a conversa com uma estrondosa gargalhada, quando Eugénio Tavares deixou-se inclinar, fulminado por uma angina de peito.

Morria assim, subitamente, aquele que em vida sempre se riu das fraquezas e do ridículo que ensombra tantas vezes certas áreas do Poder. Toda a população se sentiu envolvida num grito de morte e de luto. Houve quem dissesse que a Brava iria acabar como o seu poeta. As ruas de Nova Sintra vestiram-se de flores para passar o cortejo fúnebre que ao som de mornas dolentes levou o seu ente querido a sepultar no cemitério do Lem. Cabo Verde inteiro vestiu-se de luto". In www.eugeniotavares.org/

Sem comentários: