Daily Calendar

Seguidores

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

O síndroma e as línguas...


Em pesquisa pela internet encontrei um site http://www.sitedecuriosidades.com/ver/10_doencas_mais_estranhas_do_mundo.html que fala das 10 doenças mais estranhas do mundo, no qual deparei-me com esta:
Síndroma do sotaque estrangeiro: "Após sofrer uma pancada ou qualquer outro tipo de lesão no cérebro, as vítimas deste distúrbio passam a falar com sotaque francês... ou italiano... ou espanhol.
A língua varia, mas, na maioria dos casos, as vítimas desconhecem o novo idioma. Segundo cientistas, a pronúncia não é efectivamente estrangeira, só dá impressão disso.
Alguns pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, acreditam que o sintoma é causado por um trauma em áreas do cérebro responsáveis pela linguagem, provocando mudanças na entoação, na pronúncia e em outras características da fala.
Um caso bem recente desta doença passou-se com a britânica Lynda Walker. Após sofrer um ataque cardíaco, Lynda acordou e começou a falar com um sotaque jamaicano".


Que engraçado... Será que não deveria haver também um estudo que analisasse em profundo aquelas pessoas que falam a mesma língua que a nossa, mas que não se entende nada do que elas dizem?
É caso para dizer falam, falam, mas não dizem nada...

3 comentários:

Pedro Moita disse...

lololololololol
.....e há tantas assim.

No nosso caso geralmente só servem para gastar cassete.

Redy Wilson Lima disse...

Por acaso sempre tive dificuldade em compreender açorianos, madeirenses, trás-montanos, elentejanos, cearenses...

Johnny disse...

As vezes não é preciso "bater" com a cabeça, o "Sr. Licensiado em Engenheiria" que está a frente do nosso pais .... também fala,fala e eu não o percebo.