Daily Calendar

Seguidores

segunda-feira, 8 de março de 2010

Foi a 8 de Março de 1857 que tudo começou...

"A ideia da existência de um Dia Internacional Da Mulher foi proposta na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial, quando ocorre a incorporação da mão-de-obra feminina em massa, na indústria. As condições de trabalho, frequentemente insalubres e perigosas, eram motivo de frequentes protestos por parte dos trabalhadores. As operárias em fábricas de vestuário e indústria têxtil foram protagonistas de um desses protestos contra as más condições de trabalho e os baixos salários, em 8 de Março de 1857, em Nova Iorque".

Lembrar sempre este dia por este feito… pela luta de mulheres oprimidas inseridas num sistema machista, esclavagista, onde o sexo feminino era tratado como um mero acessório do homem.

Graças ao suor, às lágrimas, ao sangue, à revolta de muitas mulheres, somos livres em muitas das sociedades deste mundo, somos consideradas também seres humanos, sem haver a dualidade de masculino feminino. Sem haver a crueldade de outros tempos…

Mas também devido à luta de muitos homens, que movidos por uma visão muito à frente da sua época defenderam as suas mães, irmãs, mulheres, primas, amigas, como parte integrante da sociedade, aniquilando no seu pensamento, nas suas ideias, a clausula da inferioridade imposta em qualquer contrato verbal proferido por alguns homens.

Tal como o Natal, o Dia Internacional da Mulher deveria ser todos os dias, no sentido de nem que fosse por cinco minutos… lembrarmo-nos de que naqueles instantes há uma mulher que é preterida numa empresa simplesmente por ser mulher, outra que “apanha” do marido ou do namorado por ser considerada “uma coisa inferior”, que há aquelas que casam por conveniência, sem amor nem carinho, porque na sociedade que estão inseridas não têm direito a opinar, não tem direito à educação, aos livros, à escola, a um gesto mais amável. Porque se não fizer o que o “senhor” lhe dizer é chicoteada mentalmente ou morta em praça pública, considerada assim um mau exemplo.

A equidade do genero... a falta dela!

Talvez esses cinco minutos podem-se transfomar em 100 anos de arrependimento, de introspecção, de julgamento da consciência, e que esses actos maléficos parassem de ocorrer.

Sabemos que não é asssim... O mundo não é cor de rosa, nem azul, verde, amarelo, mas uma confusão de cores, que ocupam o espaço uma das outras.

Este dia também deve ser dedicado aqueles que movidos por um sentido de soliedariedade ajudam estas mulheres a sair do inferno das suas vidas. Um simples gesto, palavra, ajuda psicologica ou numa fuga, pode ser tudo!

Este dia faz todo o sentido pelo sentido de como começou… agora o Dia Internacional da Mulher é todos os dias, por menos eu tento que os meus dias assim o sejam, diariamente um melhor que o outro.

Uma amiga minha disse-me há pouco tempo uma frase que até hoje não esqueço "Reune-te das pessoas que tiram o melhor de ti", e é esse melhor que quero todos os dias.

Para aquelas mulheres que não têm a oportunidade de privar da mesma liberdade que eu tenho, essas sim devem ser ajudadas dia após dia, e não serem recordadas apenas quando chega o 8 de Março…
Eu já pequei… lembrei-me delas somente no Dia Internacional da Mulher!

Sem comentários: