Daily Calendar

Seguidores

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Praia está de luto... E perde-se assim uma vida!

Noite violenta no pub “Voz di Povo” com uma morte

05 Janeiro 2010

Stefanni Mandela Santos, filho de Miluci e Jacinto Santos, é apontado como tendo esfaqueado mortalmente Dudu Teixeira, e dois outros indivíduos, dentre eles o próprio irmão Bino, na sequência de uma briga no pub “Voz di Povo”, propriedade do jornalista Tony Teixeira. Os pormenores do incidente ainda não são de todo conhecidos. Fala-se numa outra vítima internada no Hospital Agostinho Neto.
A cidade da Praia amanheceu hoje sob o impacto da notícia de uma briga entre os frequentadores do pub “Voz di Povo”, propriedade do jornalista Tony Teixeira. Informações várias referem que Stefanni Santos, filho de Miluci e Jacinto Santos, apunhalou mortalmente esta noite Dudu Teixeira, irmão do dono do bar na sequência de uma briga. Fala-se em duas outras pessoas, dentre elas o próprio irmão Bino, e ainda de Naco, filho do conhecido Gil "Tchibita" Fernandes. Bino e Naco estão internados no Hospital Agostinho Neto.

Dudu Teixeira, por seu turno, vive nos EUA e encontrava-se de férias junto da família. É o "codê" dos vários filhos de Ovidio e dona Niquinha. Esta é a terceira morte, em três anos, que abala a familia Teixeira, depois de Lúcia Anjos e Ovidio Teixeira.

As razões que levaram a este incidente entre Stefanni e Dudu não estão ainda de todo apuradas. Os nossos esforços para obter informações mais fidedignas revelaram-se em vão, uma vez que as nossas fontes na policia estão no terreno a tratar do caso. Por isso, assim que for possível, apresentaremos mais elementos sobre este caso que vem entristecer duas conhecidas famílias desta cidade: os Teixeira e os Santos.

Situado no rés do chão do edifício do antigo jornal “Voz di Povo”, daí o nome do pub, este espaço foi inaugurado há poucos meses, tornando -se em pouco tempo um lugar de referência para os frequentadores da “night” praiense. O mesmo é frequentado sobretudo por jovens, nomeadamente, estudantes e quadros.



Fonte: A Semana Online


A Droga não escolhe raça. cor, nem estatuto social. Isso é um facto incontestável. Pode acabar com uma vida em minutos ou com uma familia em segundos. Num simples piscar de olhos. Segundo algumas vozes não foi a primeira vez que Stefanni viu-se envolvido em desacatos com maior gravidade. Tudo por causa do estado inalterado em que se encontrava.

Ao que se consta o autor do crime, um rapaz de boas familias, estaria a fazer necessidades à porta do estabelecimento, tendo sido repreendido pela vitima para nao o fazer. Contrariado avançou para a vitima, para lhe dar com uma garrafa de cerveja mas o falecido conseguiu mobiliza lo.


Não satisfeito foi a casa buscar uma faca e sem meias medidas entrou novamente no Voz di Povo esfaqueando um homem que se encontrava com a esposa e Dudu. O irmão do criminoso, tentou impedir o irmão tendo sido também esfaqueado.

Hoje a Praia está de luto... É inconcebivel uma pessoa que mata sem pensar duas vezes ainda estar a conviver em sociedade. Nao há ninguem acima da lei, faça-se agora justiça!

Animais ferozes que assassinam sem pensar nas consequencias devem estar enjaulados. Nao há desculpas possiveis, nem perdoes porque ninguem vai conseguir apaaziguar o coraçao daquela mae que perdeu um filho!

Sem comentários: